Seja bem-vindo(a)! Patos de Minas, 23 de maio de 2022

Siga nossas Redes Sociais

Aula 47 – 3ª Parte, segunda seção – Os Dez Mandamentos

04/03/2022   .    Catecismo
Compartilhe

Nesta segunda seção da terceira parte do catecismo são apresentados os dez mandamentos. A lei, condensada nesses dez preceitos, é o caminho a seguir para chegar à vida eterna. E Jesus os resumiu em dois: amar a Deus e ao próximo.

Decálogo quer dizer ‘dez palavras’. São as palavras reveladas por Deus e escritas por Ele nas tábuas no monte sagrado. É o acontecimento mais importante da Antiga Aliança e o caminho de vida que liberta. As ‘dez palavras’ resumem a lei de Deus, foram pronunciadas por Ele no contexto de uma teofania (manifestação) e o povo se comprometeu a cumpri-los.

A tradição da Igreja reconheceu a importância do decálogo. O ensinamento deles esteve sempre presente na catequese. No séc. XV foi adotado o costume de fazer rimas para facilitar a memorização. Também as numerações foram colocadas para facilitar. Os três primeiros mandamentos se referem a Deus e os outros sete se referem ao próximo.

O decálogo forma uma unidade inseparável. As palavras se relacionam entre si como se fossem uma só. É a lei de Deus recebida por seu povo no contexto da Aliança no Sinai. Desobedecer a um dos mandamentos significa desobedecer aos outros. Os mandamentos têm como fim levar o homem a amar a Deus e ao próximo, que é o resumo de toda a lei apresentada por Jesus.

O decálogo está na linha da revelação divina, mas traz em suas normas os preceitos da lei natural. É inclusive uma expressão privilegiada dessa lei, que foi gravada no coração do homem na criação. Dessa forma, a lei natural foi plenamente revelada nos dez mandamentos e todos os cristãos e as pessoas de boa vontade podem ter acesso a essa revelação.

Os dez mandamentos contêm as normas fundamentais do homem, válidas em todas as épocas e por toda parte. A transgressão livre e consciente de qualquer das normas do decálogo constitui falta grave, mas dependendo da intenção e circunstância pode se tornar leve. É preciso ter uma proximidade íntima com Jesus pela Palavra e pelos sacramentos para guardar seus mandamentos. Assim, Jesus se torna a regra viva para a ação: Este é o meu mandamento: “Amai-vos uns aos outros como eu vos amei” (Jo 15,12).

Pe. José Antônio Ramos

Paróquia Santa Cruz de Guarda dos Ferreiros/MG

Cúria Diocesana

Rua Tiradentes, 388 - Centro Patos de Minas/MG - CEP 38700-134

Telefone

(34) 3821-3213 (34) 3821-3184