Seja bem-vindo(a)! Patos de Minas, 18 de outubro de 2021

Siga nossas Redes Sociais

AULA 27: 1ª Parte, 2ª Seção, Capítulo III, Artigo 10 E 11 – Creio no perdão dos pecados; Creio na ressurreição da carne

14/10/2021   .    Catecismo
Compartilhe

O perdão dos pecados está relacionado com o Espírito Santo, a Igreja e a comunhão dos Santos. Sobre o perdão dos pecados veremos melhor na parte 2 deste estudo quando formos estudar sobre o sacramento da penitência. Será abordado aqui sobre esse sacramento de uma forma geral.

Primeiro, em relação ao batismo e o perdão dos pecados, observamos que o batismo é o primeiro sacramento para remissão dos pecados. O batismo apaga todos os pecados, tanto o pecado original quanto os pecados pessoais. Porém após o batismo continuam as fraquezas humanas e a concupiscência. Por isso é importante também recorrer sempre ao sacramento da reconciliação.

Os pecados são perdoados pela Igreja por meio de seus ministros ordenados. Jesus concedeu aos apóstolos o ‘ministério da reconciliação’ (2Cor 2,18). Eles tiveram a missão de anunciar o ministério da reconciliação, convidando todos ao arrependimento, à fé, ao batismo e à penitência. A Igreja perdoa qualquer pecado, mesmo os graves, desde que haja arrependimento do pecador. A catequese na Igreja tem a missão de levar as pessoas ao arrependimento e receberem o perdão dos pecados.

A ressurreição da carne é a verdade de fé mais importante na Igreja e está ligada ao perdão dos pecados. A nossa fé é que todos ressuscitaremos, pois Cristo ressuscitou. Ressuscitaremos como Ele, com Ele e por Ele. Nossa ressurreição, assim como a de Cristo, será obra da Trindade.

A fé na ressurreição foi sendo firmada de forma progressiva. No Antigo Testamento havia a crença na ressurreição. No livro de Macabeus encontramos algumas referências muito claras da fé na ressurreição (Cf. 2 Mc 7,9; 7,14). Os fariseus e muitos outros grupos na época de Jesus acreditavam na ressurreição.

Jesus Cristo  dá pleno sentido à ressurreição, uma vez que ele mesmo ressuscitou em corpo e alma. Os mortos ressuscitarão de corpo e alma, mas com um corpo glorioso. Todos ressuscitarão, ou para a glorificação ou para a condenação. Tal acontecimento será no fim dos tempos e ninguém tem acesso ao dia nem à hora, somente Deus. Por isso todos devem se preparar para esse dia, mantendo uma consciência tranquila de que está fazendo a vontade de Deus.

Pe. José Antônio Ramos

Paróquia Santa Cruz de Guarda dos Ferreiros/MG

Cúria Diocesana

Rua Tiradentes, 388 - Centro Patos de Minas/MG - CEP 38700-134

Telefone

(34) 3821-3213 (34) 3821-3184