Seja bem-vindo(a)! Patos de Minas, 18 de outubro de 2021

Siga nossas Redes Sociais

AULA 24 – 1ª Parte, 2ª Seção, Capítulo III, Artigo 9 – Parágrafo 3 A Igreja Una, Santa, Católica e Apostólica

23/09/2021   .    Catecismo
Compartilhe

O catecismo afirma que a Igreja é Una, Santa, Católica, Apostólica e explica cada uma dessas características. Ela recebe de Jesus esses traços, mas deve lutar para manter, reforçar e aperfeiçoar os mesmos.

A unidade da Igreja está fundamentada na unidade da trindade, pois a sua origem está na própria trindade.  Além disso, Jesus reconcilia todos com Deus pela sua missão redentora. Ao mesmo tempo o Espírito Santo, que é a alma da Igreja, unifica todos os dons e as pessoas da Igreja em suas diversidades.

As feridas na unidade da Igreja sempre existiram. Desde o início da Igreja houve os cismas, heresias e apostasias, que são formas de causar as feridas na unidade da Igreja. Essas feridas só acontecem pelos pecados dos homens, porém há elementos de salvação mesmo fora da Igreja Católica: A Palavra de Deus, a vida na graça, a fé, a esperança, a caridade e outros dons do espírito. A unidade é um dom de Cristo, mas a Igreja deve orar e trabalhar para manter, reforçar e aperfeiçoar a unidade.

A Igreja é santa pois Cristo a amou como sua esposa e a uniu a Ele. Já na terra a Igreja é santa, mas ainda imperfeita em seus membros. A Igreja reúne em seu seio pecadores, porém como corpo de Cristo ela é santa. Quando a Igreja canoniza certos fiéis ela confirma o poder do espírito de santidade. Maria atingiu a perfeição e por isso é imagem da Igreja Santa. Nela a Igreja é toda Santa.

A Igreja é católica porque quer reunir todos os homens. O termo católica significa universal no sentido de totalidade e integridade. Cristo está presente nela e ela está em todo o mundo como continuadora de sua missão. Em todas as Igrejas particulares está presente a Igreja universal. As Igrejas são plenamente católicas quando mantém a comunhão com Roma. Todos os seres humanos são chamados à fazer parte da Igreja católica, mas são incorporados plenamente à Igreja somente os batizados, que aceitam a comunhão com a Igreja de Roma.

A Igreja é também apostólica pois foi fundada nos apóstolos, testemunhas da ressurreição de Jesus. Assim, fora da Igreja não há salvação, pois a Igreja é o corpo de Cristo, cabeça da Igreja. Os apóstolos continuam a missão de Jesus: são suas testemunhas, seus embaixadores, ministros e administradores. Os cristãos também são chamados a continuar esse apostolado, pois no batismo todos são enviados. A fecundidade do apostolado depende da união com Jesus.

Pe. José Antônio Ramos

Paróquia Santa Cruz de Guarda dos Ferreiros/MG

Cúria Diocesana

Rua Tiradentes, 388 - Centro Patos de Minas/MG - CEP 38700-134

Telefone

(34) 3821-3213 (34) 3821-3184