Seja bem-vindo(a)! Patos de Minas, 15 de agosto de 2022

Siga nossas Redes Sociais

ÓBOLO DE SÃO PEDRO

01/07/2022   .    Artigos de Formação
Compartilhe

Cardeal Orani João Tempesta
Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)

 

No dia da Solenidade de São Pedro e São Paulo acontece a coleta do Óbolo de São Pedro. Essa oferta que os fiéis católicos são convidados a fazer é para ajudar o Papa em sua missão caritativa pelo mundo e outras necessidades que o Papa verifica. Uma vez feita a doação do óbolo (presente para o Papa) cabe a ele dispor como char melhor do que chega para ser administrado. No dia dessa solenidade comemoramos o dia do Papa, por isso é realizada essa coleta.  

Ao contribuir com a coleta do Óbolo de São Pedro os fiéis demonstram um sinal de pertença e adesão a solicitude do sucessor de Pedro. Essa coleta é realizada sobretudo para que a Igreja possa atender aos mais pobres e incita nos fiéis a importância da caridade que devemos fazer uns com os outros e a Igreja cumprindo o mandato de Jesus ajuda aos mais pobres.  

O dinheiro arrecadado nas missas desse final de semana não fica nas paróquias ou diocese, mas o dinheiro é encaminhado, na sua totalidade, para a Nunciatura Apostólica através da Diocese para fazer chegar na Cúria Romana para atender as necessidades do pastoreio universal e da caridade Papa. É importante contribuirmos nessas coletas que a Igreja promove, além do Óbolo de São Pedro temos outras coletas ao longo do ano para que possamos contribuir e fazer parte da missão da Igreja.  

Vivemos ainda em um tempo difícil marcado pela pandemia da Covid-19, por isso, mais do que nunca temos que contribuir com o Papa e apoiá-lo em sua missão. É em tempos de crise como o que atravessamos há cerca de três anos que todos nós precisamos ainda mais de dar um sinal concreto de pertencimento à Igreja e de amor ao Papa como símbolo de sua unidade. Mesmo com o pouco que contribuirmos servirá para apoiar o Papa Francisco em suas atividades. As vezes usamos o dinheiro para tanta coisa supérflua, e com certeza o pouco que darmos a Deus Ele nos dará em dobro.  

É graças as doações de todos que é possível a Igreja realizar aqueles projetos pensados pelo Papa Francisco e mesmo em meio a pandemia estar próximo dos fiéis. A Igreja também sofre as consequências do coronavírus, principalmente as consequências econômicas. Por isso, a Igreja precisa dessa contribuição para continuar a sua missão de anunciar a Palavra de Deus ao mundo. A Igreja católica é a maior entidade no mundo em fazer atividades caritativas.  

A doação do óbolo de São Pedro é tradicionalmente feita por volta do dia 29 de Junho (solenidade de São Pedro e São Paulo), ou no domingo como no Brasil, mas pode ser feita ao longo de todo ano através do site do Vaticano. O dia da solenidade de São Pedro e São Paulo é o dia do Papa, dia de rezarmos por ele e realizarmos a nossa oferta. Ao realizar a oferta do óbolo de São Pedro, quer dizer que estamos caminhando junto com o Papa, apoiando em sua missão. Através do nosso batismo somos chamados a ser sacerdotes, profetas e reis, contribuindo com a oferta do Óbolo de São Pedro, seremos sacerdotes, profetas e reis.  

A caridade é a marca do cristão desde o início da igreja primitiva, como expressa o apóstolo Paulo na segunda Carta aos Coríntios (2 Cor 8,8), no qual o apóstolo exorta a solicitude da comunidade em favor dos mais pobres como ocasião para provar a sinceridade do amor.  Por isso, impulsionados pelas palavras do apóstolo Paulo sejamos caridosos e tenhamos no coração a certeza de que aquele dinheiro que ofertaremos nesse dia ajudará o papa em sua missão e a palavra de Deus continuará a ser anunciada.  

Nós pertencemos a Igreja e como sinal de pertença a essa Igreja vale a nossa contribuição para o óbolo de São Pedro. Não podemos somente ir à Igreja e participar da Celebração Eucarística, mas temos que contribuir para que a Igreja continue anunciando a Palavra de Deus. Não somente o Óbolo de São Pedro, mas como sinal de pertença a Igreja, temos que contribuir com a oferta na celebração Eucarística, com o dízimo, pois a Igreja necessita pagar aquilo que se investe na evangelização e que se aplica no socorro das catástrofes humanitárias. 

Como reflexo da pandemia da Covid-19, as doações para o Óbolo de São Pedro diminuíram um pouco. Em termos de receita o ano de 2021 teve uma ligeira recuperação com relação à 2020. Por isso, nesse ano de 2022 a Igreja espera recuperar aquilo que foi arrecadado em anos anteriores e conta com a ajuda de todos os fiéis. A Igreja sabe que a situação ainda está difícil, mas o cenário é melhor do que em anos anteriores.  

Sejamos generosos e contribuamos na missão do Papa e da Igreja, fazendo a nossa oferta do Óbolo de São Pedro. Além de dar a oferta, rezemos pelo Papa e pela Igreja para que possa continuar sendo fiel ao chamado feito por Jesus. Que possamos colocar tudo em comum, assim como acontecia na Igreja primitiva.   

Cúria Diocesana

Rua Tiradentes, 388 - Centro Patos de Minas/MG - CEP 38700-134

Telefone

(34) 3821-3213 (34) 3821-3184