Seja bem-vindo(a)! Patos de Minas, 04 de agosto de 2021

Siga nossas Redes Sociais

Paróquia Nossa Senhora do Rosário

Compartilhe

Pároco

Mons. Vanderly Francisco de Sousa

Vigário Paroquial

Pe. Aureliano de Souza Aguiar

Festa do Padroeiro

07/10

Igreja Matriz

Rua Zama Alves, 200 - Rosário Patos de Minas

Telefone

(34) 3821-2373

Whatsapp

(34) 99993-6437

E-mail

paroquiarosario@hotmail.com

Em 1920, foi demolida a pequena capela existente e, aos 14 de agosto de 1926, foi lançada a pedra fundamental da atual Igreja, pelo Cônego Manoel Fleury Curado. Aos 21 de Janeiro de 1929 a Igreja foi benzida e confiada ao culto. Em 1937 a Igreja foi confiada aos frades capuchinhos na pessoa do Frei Odorico. Nela celebravam-se missas, batizados e faziam-se encomendações. Nessa época existia um só movimento, os Vicentinos. Substituindo o Frei Odorico, assumiu a capela o Pe. João Maria Valim que além de dar assistência aos vicentinos, fundou a associação dos Rosarianos, que se reuniam no primeiro domingo de cada mês para a reza do Rosário e estudo das necessidades da Igreja, a pia União de Maria e catecismo das crianças. Realizavam as festas de São João e N. Sra. do Rosário. Aos 16 de março de 1948, capela foi elevada a Paróquia Nossa Senhora do Rosário pelo Bispo Dom Alexandre Gonçalves do Amaral. Assim, Pe. Clovis assumindo a nova Paróquia fundou a cruzada infantil e o Apostolado da Oração.

1949 – Pe. Tomaz Atílio Oliveira e Frei Damião de Geroci

1950 – Frei Rosário de Castelbueno

1960 – Pe. Geraldo Correa da Silva Loureiro – intensificou a devoção a Nossa Senhora com a reza do terço e a benção dos doentes.

1963 – Pe. Antônio Dias dos Reis

Todos os padres conservaram e apoiaram os movimentos e pastorais existentes. A partir de janeiro de 1967 a paróquia foi confiada aos padres claretianos. Pe. Antônio Bernardo Monteiro – construiu um templo maior no mesmo local. Com a transferência dos claretianos, foi nomeado pároco Monsenhor Izael dos Reis que permaneceu na paróquia de 1979 a 1988. Ele foi um padre muito dinâmico. Reformou a Igreja Matriz, construiu o Salão Nossa Senhora das Graças, terminou a construção da Igreja Nossa Senhora da Abadia, construiu o Salão São Benedito  – Novo Horizonte, fundou o Lactário Dom José Coimbra, fundou a Associação de São José, Legião de Maria, EC.C., movimento de jovens, (J.A.C.) e M.E.C. do Rosário, Júri na comunidade N. Sra. das Graças e Ala Jovem na Abadia. Criou e apoiou a catequese infantil e de adolescentes em todas as comunidades.

1988/1989 – Pe. Vicente Paulo Alves e Pe. Jerônimo

1989/1990 – Pe. Fábio Ferreira Sucupira

1991 – Pe. Rui César de Mendonça

Dividiu a paróquia em 21 setores e implantou a Celebração Eucarística, novenas e grupos de reflexão nestes setores, nomeou coordenador de cada setor. Além de dinamizar, incentivar e apoiar as pastorais existentes, ele criou várias outras pastorais: Batismo, Família, Juventude, Esperança, Saúde, Dízimo, Liturgia, Legião de Maria, os ministérios, R.C.C. e Movimentos de Cursilhos.

1996 a 2002 – Pe. Armando Rosário Magalhães

2003 – Pe. José Roberto Ferrari

A partir de 2007, a Paróquia Nossa Senhora do Rosário teve como Pároco Pe. Ezequiel Macedo Galvão que colaborou amplamente para a fundação da Cáritas (Instituição que beneficia a mãe e a criança carente), fundou, com a ajuda da Pastoral Familiar, o “Grupo Harmonia” que beneficia as pessoas maiores de 50 anos com atividades veiculadas aos cursos do UNIPAM, reformou não só a parte inferior de Centro Comunitário, mas também toda a Igreja que foi amplamente reconstruída e com a colaboração da comunidade em geral, está sendo erguido o Santuário da Medalha Milagrosa, situado no bairro Caramuru.

Após a saída do Padre Ezequiel Macedo Galvão, tornou-se pároco da Paróquia, Padre Geraldo Magela de Almeida e no ano de 2021, tomou posse o Monsenhor Vanderly Francisco de Sousa.

COMUNIDADES DA PARÓQUIA

  • Comunidade Mata do Brejo

    Patos de Minas
  • Comunidade Córrego Rico

    Patos de Minas
  • Comunidade Barreirinho

    Patos de Minas
  • Comunidade Curraleiro

    Patos de Minas
  • Comunidade São Lucas

    Patos de Minas
  • Comunidade Frederico Ozanan

    Patos de Minas
  • Comunidade Sagrado Coração

    Patos de Minas
  • Comunidade Santa Madre Teresa de Calcutá

    Patos de Minas
  • Comunidade Nossa Senhora das Graças

    Patos de Minas
  • Comunidade Matriz Nossa Senhora do Rosário

    Patos de Minas
  • Comunidade Mata do Brejo

    Patos de Minas
  • Comunidade Córrego Rico

    Patos de Minas
  • Comunidade Barreirinho

    Patos de Minas
  • Comunidade Curraleiro

    Patos de Minas
  • Comunidade São Lucas

    Patos de Minas
  • Comunidade Frederico Ozanan

    Patos de Minas
  • Comunidade Sagrado Coração

    Patos de Minas
  • Comunidade Santa Madre Teresa de Calcutá

    Patos de Minas
  • Comunidade Nossa Senhora das Graças

    Patos de Minas
  • Comunidade Matriz Nossa Senhora do Rosário

    Patos de Minas

HISTÓRIA DO PADROEIRO

Esta festa foi instituída pelo Papa Pio V, em 1571, quando celebrou-se a vitória dos cristãos na batalha naval de Lepanto. Nessa batalha, os cristãos católicos, em meio à recitação do Rosário, resistiram aos ataques dos turcos otomanos, vencendo-os em combate.

A celebração de hoje convida-nos à meditação dos Mistérios de Cristo, os quais nos guiam à Encarnação, Paixão, Morte e Ressurreição do Filho de Deus.

A origem do Rosário é muito antiga, pois conta-se que os monges anacoretas usavam pedrinhas para contar o número das orações vocais. Dessa forma, nos conventos medievais, os irmãos leigos dispensados da recitação do Saltério (pela pouca familiaridade com o latim), completavam suas práticas de piedade com a recitação de Pai-Nosso e, para a contagem, o Doutor da Igreja São Beda, o Venerável (séc. VII-VIII), havia sugerido a adoção de vários grãos enfiados em um barbante.

Na história, também encontramos Maria que apareceu a São Domingos e indicou-lhe o Rosário como potente arma para a conversão: “Quero que saiba que, a principal peça de combate tem sido sempre o Saltério Angélico (Rosário) que é a pedra fundamental do Novo Testamento. Assim quero que alcances estas almas endurecidas e as conquiste para Deus, com a oração do meu Saltério”.

Essa devoção, propagada principalmente pelos filhos de São Domingos, recebe da Igreja a melhor aprovação e foi enriquecida por muitas indulgências. Essa grinalda de 200 rosas – por isso, Rosário – é rezado praticamente em todas as línguas. E o saudoso Papa João Paulo II e tantos outros Papas que o precederam recomendaram esta singela e poderosa oração, com a qual, por intercessão da Virgem Maria, alcançamos muitas graças de Jesus, como nos ensina a própria Virgem Santíssima em todas as suas aparições.

Nossa Senhora do Rosário, rogai por nós!

Fonte: Canção Nova

Cúria Diocesana

Rua Tiradentes, 388, Centro Patos de Minas - MG - CEP: 38700-134

Telefone

(34) 3821-3213 (34) 3821-3184