Seja bem-vindo(a)! Patos de Minas, 29 de junho de 2022

Siga nossas Redes Sociais

Paróquia Nossa Senhora do Rosário

Compartilhe

Pároco

Monsenhor Vanderly Francisco de Sousa

Festa do Padroeiro

07/10

Igreja Matriz

Rua Zama Alves, 200 - Rosário Patos de Minas

Telefone

(34) 3821-2373

Whatsapp

(34) 99993-6437

E-mail

paroquiarosario@hotmail.com

Em 1920, foi demolida a pequena capela existente e, aos 14 de agosto de 1926, foi lançada a pedra fundamental da atual Igreja, pelo Cônego Manoel Fleury Curado. Aos 21 de Janeiro de 1929 a Igreja foi benzida e confiada ao culto. Em 1937 a Igreja foi confiada aos frades capuchinhos na pessoa do Frei Odorico. Nela celebravam-se missas, batizados e faziam-se encomendações. Nessa época existia um só movimento, os Vicentinos. Substituindo o Frei Odorico, assumiu a capela o Pe. João Maria Valim que além de dar assistência aos vicentinos, fundou a associação dos Rosarianos, que se reuniam no primeiro domingo de cada mês para a reza do Rosário e estudo das necessidades da Igreja, a pia União de Maria e catecismo das crianças. Realizavam as festas de São João e N. Sra. do Rosário. Aos 16 de março de 1948, capela foi elevada a Paróquia Nossa Senhora do Rosário pelo Bispo Dom Alexandre Gonçalves do Amaral. Assim, Pe. Clovis assumindo a nova Paróquia fundou a cruzada infantil e o Apostolado da Oração.

1949 – Pe. Tomaz Atílio Oliveira e Frei Damião de Geroci

1950 – Frei Rosário de Castelbueno

1960 – Pe. Geraldo Correa da Silva Loureiro – intensificou a devoção a Nossa Senhora com a reza do terço e a benção dos doentes.

1963 – Pe. Antônio Dias dos Reis

Todos os padres conservaram e apoiaram os movimentos e pastorais existentes. A partir de janeiro de 1967 a paróquia foi confiada aos padres claretianos. Pe. Antônio Bernardo Monteiro – construiu um templo maior no mesmo local. Com a transferência dos claretianos, foi nomeado pároco Monsenhor Izael dos Reis que permaneceu na paróquia de 1979 a 1988. Ele foi um padre muito dinâmico. Reformou a Igreja Matriz, construiu o Salão Nossa Senhora das Graças, terminou a construção da Igreja Nossa Senhora da Abadia, construiu o Salão São Benedito  – Novo Horizonte, fundou o Lactário Dom José Coimbra, fundou a Associação de São José, Legião de Maria, EC.C., movimento de jovens, (J.A.C.) e M.E.C. do Rosário, Júri na comunidade N. Sra. das Graças e Ala Jovem na Abadia. Criou e apoiou a catequese infantil e de adolescentes em todas as comunidades.

1988/1989 – Pe. Vicente Paulo Alves e Pe. Jerônimo

1989/1990 – Pe. Fábio Ferreira Sucupira

1991 – Pe. Rui César de Mendonça

Dividiu a paróquia em 21 setores e implantou a Celebração Eucarística, novenas e grupos de reflexão nestes setores, nomeou coordenador de cada setor. Além de dinamizar, incentivar e apoiar as pastorais existentes, ele criou várias outras pastorais: Batismo, Família, Juventude, Esperança, Saúde, Dízimo, Liturgia, Legião de Maria, os ministérios, R.C.C. e Movimentos de Cursilhos.

1996 a 2002 – Pe. Armando Rosário Magalhães

2003 – Pe. José Roberto Ferrari

A partir de 2007, a Paróquia Nossa Senhora do Rosário teve como Pároco Pe. Ezequiel Macedo Galvão que colaborou amplamente para a fundação da Cáritas (Instituição que beneficia a mãe e a criança carente), fundou, com a ajuda da Pastoral Familiar, o “Grupo Harmonia” que beneficia as pessoas maiores de 50 anos com atividades veiculadas aos cursos do UNIPAM, reformou não só a parte inferior de Centro Comunitário, mas também toda a Igreja que foi amplamente reconstruída e com a colaboração da comunidade em geral, está sendo erguido o Santuário da Medalha Milagrosa, situado no bairro Caramuru.

Após a saída do Padre Ezequiel Macedo Galvão, tornou-se pároco da Paróquia, Padre Geraldo Magela de Almeida e no ano de 2021, tomou posse o Monsenhor Vanderly Francisco de Sousa.

COMUNIDADES DA PARÓQUIA

  • Comunidade Mata do Brejo

    Patos de Minas
  • Comunidade Córrego Rico

    Patos de Minas
  • Comunidade Barreirinho

    Patos de Minas
  • Comunidade Curraleiro

    Patos de Minas
  • Comunidade São Lucas

    Patos de Minas
  • Comunidade Frederico Ozanan

    Patos de Minas
  • Comunidade Sagrado Coração

    Patos de Minas
  • Comunidade Santa Madre Teresa de Calcutá

    Patos de Minas
  • Comunidade Nossa Senhora das Graças

    Patos de Minas
  • Comunidade Matriz Nossa Senhora do Rosário

    Patos de Minas
  • Comunidade Mata do Brejo

    Patos de Minas
  • Comunidade Córrego Rico

    Patos de Minas
  • Comunidade Barreirinho

    Patos de Minas
  • Comunidade Curraleiro

    Patos de Minas
  • Comunidade São Lucas

    Patos de Minas
  • Comunidade Frederico Ozanan

    Patos de Minas
  • Comunidade Sagrado Coração

    Patos de Minas
  • Comunidade Santa Madre Teresa de Calcutá

    Patos de Minas
  • Comunidade Nossa Senhora das Graças

    Patos de Minas
  • Comunidade Matriz Nossa Senhora do Rosário

    Patos de Minas

HISTÓRIA DO PADROEIRO

Esta festa foi instituída pelo Papa Pio V, em 1571, quando celebrou-se a vitória dos cristãos na batalha naval de Lepanto. Nessa batalha, os cristãos católicos, em meio à recitação do Rosário, resistiram aos ataques dos turcos otomanos, vencendo-os em combate.

A celebração de hoje convida-nos à meditação dos Mistérios de Cristo, os quais nos guiam à Encarnação, Paixão, Morte e Ressurreição do Filho de Deus.

A origem do Rosário é muito antiga, pois conta-se que os monges anacoretas usavam pedrinhas para contar o número das orações vocais. Dessa forma, nos conventos medievais, os irmãos leigos dispensados da recitação do Saltério (pela pouca familiaridade com o latim), completavam suas práticas de piedade com a recitação de Pai-Nosso e, para a contagem, o Doutor da Igreja São Beda, o Venerável (séc. VII-VIII), havia sugerido a adoção de vários grãos enfiados em um barbante.

Na história, também encontramos Maria que apareceu a São Domingos e indicou-lhe o Rosário como potente arma para a conversão: “Quero que saiba que, a principal peça de combate tem sido sempre o Saltério Angélico (Rosário) que é a pedra fundamental do Novo Testamento. Assim quero que alcances estas almas endurecidas e as conquiste para Deus, com a oração do meu Saltério”.

Essa devoção, propagada principalmente pelos filhos de São Domingos, recebe da Igreja a melhor aprovação e foi enriquecida por muitas indulgências. Essa grinalda de 200 rosas – por isso, Rosário – é rezado praticamente em todas as línguas. E o saudoso Papa João Paulo II e tantos outros Papas que o precederam recomendaram esta singela e poderosa oração, com a qual, por intercessão da Virgem Maria, alcançamos muitas graças de Jesus, como nos ensina a própria Virgem Santíssima em todas as suas aparições.

Nossa Senhora do Rosário, rogai por nós!

Fonte: Canção Nova

Cúria Diocesana

Rua Tiradentes, 388 - Centro Patos de Minas/MG - CEP 38700-134

Telefone

(34) 3821-3213 (34) 3821-3184