Seja bem-vindo(a)! Patos de Minas, 04 de agosto de 2021

Siga nossas Redes Sociais

Paróquia Nossa Senhora do Carmo

Compartilhe

Administrador Paroquial

Pe. Olivar Constantino Peres

Vigário Paroquial

Pe. Fábio Gonçalves Ferreira Sucupira

Igreja Matriz

Praça Nossa Sra. do Carmo, 10 - Centro Monte Carmelo

Telefone

(34) 3842-2540

E-mail

paroquianscarmomc@gmail.com

O século XIX corria célebre e os garimpeiros cruzavam as Minas Gerais em todos os sentidos. De São João Del Rey e Itapecerica, vieram muito deles para faiscarem no Rio Bagagem ou em Água Suja. Escolheram para deixar suas famílias num local de excelente clima, água farta e boa, topografia plana e um pouco afastado de promiscuidade dos garimpos. Uma tosca capela foi erguida. Era sinal que ali brotaria um arraial. Isso no princípio deste século. Em 1850 chegaram os primeiros mundins. Dir-se-ia que era apenas um casal e a familiagem atual fora descendente dele. Os primeiros moradores cansados do garimpo resolveram fixar-se. Ocuparam a terra, estabeleceram as primeiras fazendas de criação de gado. Desbravaram o sertão agreste e fixaram definitivamente os limites destas paragens. Dona clara: conta-se que uma fazendeira por nome Dona Clara Chaves doou uma légua em volta da tosca capela à Nossa Senhora do Carmo e nesta área começaram a ser erguida as primeiras construções que deram origem ao povoado. Vieram os Rocha, os Vieira Pena, os Fernandes, os Rosa, os Costa. Em 1859, a Paróquia de Nossa Senhora do Carmo é desmembrada da de Patrocínio e anexada à de Bagagem (Estrela do Sul), pela lei 189, daquele ano. Em 1870, por força da lei provincial nº1.650, de 14/10/1870, emancipou-se eclesiasticamente da jurisdição de Bagagem, sendo, também por esta mesma lei, criado o distrito. A elevação à categoria de município deu-se em 06/10/1882, com sede no povoado do Carmo da Bagagem. Em 07 de janeiro de 1889, o município foi instalado solenemente. Em 1891 foi criada a comarca, instalada em 1892, sendo o primeiro juiz de direito Dr. Tito Fulgêncio Alves Ferreira. Monte Carmelo veio a perder esta comarca que somente fora reinstalada em 1940. Pela lei nº 286 de 29/06/1900 o município teve o seu nome mudado para Monte Carmelo para uns por causa do morro Monte Carmelo, próximo a São Félix, outros acreditam que em homenagem às carmelitas. O primeiro vigário foi o Padre Manoel  Luiz Mendes.

 

COMUNIDADES DA PARÓQUIA

HISTÓRIA DO PADROEIRO

Nossa Senhora do Carmo tem origem no século XII, quando se um grupo de eremitas começou a se formar no monte Carmelo, na Palestina, terra Santa, iniciando um estilo de vida simples e pobre, ao lado da fonte de Elias, que se estendeu ao mundo todo.

A palavra Carmo, corresponde ao monte do Carmo ou monte Carmelo, em Israel, onde o profeta Elias se refugiou. A palavra carmo ou carmelo significa jardim.

História de Nossa Senhora do Carmo e os carmelitas


A ordem dos carmelitas venera com carinho o profeta Elias, que é seu patriarca, e a Virgem Maria, venerada com o título de Bem Aventurada Virgem do Carmo. Devido ao lugar, esse grupo foi chamado de carmelitas. Lá, esse grupo de eremitas construiu uma pequena capela dedicada a Senhora do Carmo, ou Nossa Senhora do Carmelo.

Posteriormente os carmelitas foram obrigados a ir para a Europa fugindo da perseguição dos muçulmanos. Aí se espalhou ainda mais a Ordem do Carmelo.

Devoção a Nossa Senhora do Carmo


Com a expulsão dos carmelitas de Israel, a devoção a Nossa Senhora do Carmo começou a se espalhar por toda a Europa. Também foi levada para a América Latina, logo no começo de sua colonização, passando a ser conhecida em todos os lugares. E não somente no Carmelo. Foram construídas várias igrejas, capelas e até catedrais dedicadas a Senhora do Carmo.

Aparição de Nossa Senhora do Carmo a São Simão


São Simão era um dos mais piedosos carmelitas que vivia na Inglaterra. Vendo a Ordem dos Carmelitas ser perseguida até estar prestes a ser eliminada da face da terra, ele sofria muito e pedia socorro a Nossa Senhora do Carmo.

Sua oração, que os carmelitas usam até hoje, foi a seguinte: Flor do Carmelo, vide florida. Esplendor do Céu. Virgem Mãe incomparável. Doce Mãe, mas sempre virgem. Sede propícia aos carmelitas. Ó Estrela do mar.

Então Maria Santíssima, rodeada de anjos, apareceu para São Simão, entregou-lhe o Escapulário e lhe disse: Recebe, meu filho muito amado, este escapulário de tua ordem, sinal do meu amor, privilégio para ti e para todos os carmelitas. Quem com ele morrer não se perderá. Eis aqui um sinal da minha aliança, salvação nos perigos, aliança de paz e amor eterno. A partir desse milagre, o escapulário passou a fazer parte do hábito dos carmelitas.

Milagre de Nossa Senhora do Carmo


A partir da aparição de Nossa Senhora do Carmo a São Simão, a Ordem do Carmelo começou a florescer na Europa e em vários lugares do mundo, permanecendo firme até os dias de hoje.

O Escapulário de Nossa Senhora do Carmo, tradição do Carmelo


A palavra escapulário, vem do latim, escápula, que significa armadura, proteção. O escapulário é uma forma de devoção a Maria Santíssima. O uso do escapulário é um sinal de confiança em Nossa Senhora do Carmo. A pessoa que o usa, é coberta com a proteção e as graças da Virgem Do Carmo.

O escapulário, segundo o Concilio do Vaticano II é um Sacramental, um sinal sagrado, obtendo efeitos de proteção da Igreja Católica. É uma realidade visível que nos conduz a Deus. Santa Tereza dizia que: portar o escapulário, era estar vestida com o hábito de Nossa Senhora.

Oração a Nossa Senhora do Carmo


Senhora do Carmo, Rainha dos anjos, canal das mais ternas mercês de Deus para com os homens. Refúgio e advogada dos pecadores, com confiança eu me prostro diante de vós, suplicando-vos que obtenhais a graça que necessito, ( pede-se a graça). Em reconhecimento, solenemente prometo recorrer a vós em todas as minhas dificuldades, sofrimentos e tentações, e farei de tudo que ao meu alcance estiver, a fim de induzir outros a amar-vos, reverenciar-vos e invocar-vos em todas as suas necessidades.

Agradeço as inúmeras bênçãos que tenho recebido de vossa mercê e poderosa intercessão.

Continuai a ser meu escudo nos perigos, minha guia na vida e minha consolação na hora da morte. Amém. Nossa Senhora do Carmo, advogado dos pecadores mais abandonados, rogai pela alma do pecador mais abandonado do mundo. Ó Senhora, rogai por nós que recorremos a vós.

Fonte Cruz Terra Santa

Cúria Diocesana

Rua Tiradentes, 388, Centro Patos de Minas - MG - CEP: 38700-134

Telefone

(34) 3821-3213 (34) 3821-3184