Seja bem-vindo(a)! Patos de Minas, 18 de abril de 2021

Siga nossas Redes Sociais

Paróquia Nossa Senhora do Carmo

Compartilhe

Pároco

Frei Adilson Vaz Donderi

Vigário Paroquial

Frei José Osias da Silva

Vigário Paroquial

Frei Paulo Ananias Pinto

Diácono

Jairton Pimenta de Andrade

Igreja Matriz

Praça São Francisco, 196 - Centro Carmo do Paranaíba

Telefone

(34) 3851-2008 99961-3877

E-mail

pnscarmomg@gmail.com

COMUNIDADES DA PARÓQUIA

  • Comunidade São Bartolomeu II – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade São Bartolomeu I – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Lagoa do Estulano – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Cuscuzeiro – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Colégio – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Campo do Meio – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Boa Esperança – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Bravinhos – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Almas – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade São Francisco e Santa Clara de Assis – Urbana

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Água Limpa – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Santos Reis – Urbana

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Sagrada Família – Urbana

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Nossa Senhora Aparecida e São Judas Tadeu – Urbana

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Matriz Nossa Senhora do Carmo – Urbana

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade São Bento – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade São Bartolomeu II – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade São Bartolomeu I – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Lagoa do Estulano – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Cuscuzeiro – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Colégio – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Campo do Meio – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Boa Esperança – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Bravinhos – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Almas – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade São Francisco e Santa Clara de Assis – Urbana

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Água Limpa – Rural

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Santos Reis – Urbana

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Sagrada Família – Urbana

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Nossa Senhora Aparecida e São Judas Tadeu – Urbana

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade Matriz Nossa Senhora do Carmo – Urbana

    Carmo do Paranaíba
  • Comunidade São Bento – Rural

    Carmo do Paranaíba

HISTÓRIA DO PADROEIRO

Nossa Senhora do Carmo tem origem no século XII, quando se um grupo de eremitas começou a se formar no monte Carmelo, na Palestina, terra Santa, iniciando um estilo de vida simples e pobre, ao lado da fonte de Elias, que se estendeu ao mundo todo.

A palavra Carmo, corresponde ao monte do Carmo ou monte Carmelo, em Israel, onde o profeta Elias se refugiou. A palavra carmo ou carmelo significa jardim.

História de Nossa Senhora do Carmo e os carmelitas


A ordem dos carmelitas venera com carinho o profeta Elias, que é seu patriarca, e a Virgem Maria, venerada com o título de Bem Aventurada Virgem do Carmo. Devido ao lugar, esse grupo foi chamado de carmelitas. Lá, esse grupo de eremitas construiu uma pequena capela dedicada a Senhora do Carmo, ou Nossa Senhora do Carmelo.

Posteriormente os carmelitas foram obrigados a ir para a Europa fugindo da perseguição dos muçulmanos. Aí se espalhou ainda mais a Ordem do Carmelo.

Devoção a Nossa Senhora do Carmo


Com a expulsão dos carmelitas de Israel, a devoção a Nossa Senhora do Carmo começou a se espalhar por toda a Europa. Também foi levada para a América Latina, logo no começo de sua colonização, passando a ser conhecida em todos os lugares. E não somente no Carmelo. Foram construídas várias igrejas, capelas e até catedrais dedicadas a Senhora do Carmo.

Aparição de Nossa Senhora do Carmo a São Simão


São Simão era um dos mais piedosos carmelitas que vivia na Inglaterra. Vendo a Ordem dos Carmelitas ser perseguida até estar prestes a ser eliminada da face da terra, ele sofria muito e pedia socorro a Nossa Senhora do Carmo.

Sua oração, que os carmelitas usam até hoje, foi a seguinte: Flor do Carmelo, vide florida. Esplendor do Céu. Virgem Mãe incomparável. Doce Mãe, mas sempre virgem. Sede propícia aos carmelitas. Ó Estrela do mar.

Então Maria Santíssima, rodeada de anjos, apareceu para São Simão, entregou-lhe o Escapulário e lhe disse: Recebe, meu filho muito amado, este escapulário de tua ordem, sinal do meu amor, privilégio para ti e para todos os carmelitas. Quem com ele morrer não se perderá. Eis aqui um sinal da minha aliança, salvação nos perigos, aliança de paz e amor eterno. A partir desse milagre, o escapulário passou a fazer parte do hábito dos carmelitas.

Milagre de Nossa Senhora do Carmo


A partir da aparição de Nossa Senhora do Carmo a São Simão, a Ordem do Carmelo começou a florescer na Europa e em vários lugares do mundo, permanecendo firme até os dias de hoje.

O Escapulário de Nossa Senhora do Carmo, tradição do Carmelo


A palavra escapulário, vem do latim, escápula, que significa armadura, proteção. O escapulário é uma forma de devoção a Maria Santíssima. O uso do escapulário é um sinal de confiança em Nossa Senhora do Carmo. A pessoa que o usa, é coberta com a proteção e as graças da Virgem Do Carmo.

O escapulário, segundo o Concilio do Vaticano II é um Sacramental, um sinal sagrado, obtendo efeitos de proteção da Igreja Católica. É uma realidade visível que nos conduz a Deus. Santa Tereza dizia que: portar o escapulário, era estar vestida com o hábito de Nossa Senhora.

Oração a Nossa Senhora do Carmo


Senhora do Carmo, Rainha dos anjos, canal das mais ternas mercês de Deus para com os homens. Refúgio e advogada dos pecadores, com confiança eu me prostro diante de vós, suplicando-vos que obtenhais a graça que necessito, ( pede-se a graça). Em reconhecimento, solenemente prometo recorrer a vós em todas as minhas dificuldades, sofrimentos e tentações, e farei de tudo que ao meu alcance estiver, a fim de induzir outros a amar-vos, reverenciar-vos e invocar-vos em todas as suas necessidades.

Agradeço as inúmeras bênçãos que tenho recebido de vossa mercê e poderosa intercessão.

Continuai a ser meu escudo nos perigos, minha guia na vida e minha consolação na hora da morte. Amém. Nossa Senhora do Carmo, advogado dos pecadores mais abandonados, rogai pela alma do pecador mais abandonado do mundo. Ó Senhora, rogai por nós que recorremos a vós.

Fonte Cruz Terra Santa

Cúria Diocesana

Rua Tiradentes, 388, Centro Patos de Minas - MG - CEP: 38700-134

Telefone

(34) 3821-3213 (34) 3821-3184