Seja bem-vindo(a)! Patos de Minas, 23 de julho de 2021

Siga nossas Redes Sociais

Paróquia Nossa Senhora da Guia

Compartilhe

Pároco

Pe. Sizenando Roberto de Oliveira

Igreja Matriz

Praça Gasparina Brandão, 13 - Centro Varjão de Minas

Telefone

(34) 99665-4738

Whatsapp

(38) 9 9943-7185

E-mail

pnossasenhoradaguiamg@gmail.com

A Paróquia Nossa Senhora da Guia de Varjão de Minas, foi criada pelo Bispo Diocesano Dom Claudio Nori Sturm, no dia 25/03/2010, resultante de um desmembramento da Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição de São Gonçalo do Abaeté.

Em razão do crescimento populacional da cidade de Varjão de Minas, surgiu também o anseio dos fiéis de que a Capela se tornasse Paróquia. Os trabalhos de organização da mesma tiveram início quando o Reverendíssimo Padre Jair Corrêa de Andrade, tomou posse como vigário paroquial em setembro de 2008. Tendo percorrido todos os trâmites legais, no dia 25/03/2010, Dom Cláudio Nori Sturm assinou o documento tornando a Capela em “Paróquia Nossa Senhora da Guia.”

O primeiro Padre que a Paróquia teve foi o Reverendíssimo Padre Jair Corrêa de Andrade, nomeado Pároco no dia 25 de abril de 2010. O segundo Pároco foi o Reverendíssimo Padre Carlos Eduardo da Silva, nomeado no dia 23/02/2014. O  Pároco atual é Reverendíssimo Padre Sizenando Roberto de Oliveira, empossado no dia 09/02/2020.

COMUNIDADES DA PARÓQUIA

  • Comunidade Bocaina (Capela São Sebastião) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Vitrine (Capela Santo Antônio) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Ajudante (Capela Nossa Senhora Aparecida) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Geribá (Capela Santo Antônio) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Côrte (Capela São Sebastião) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade São Domingos (Capela Nossa Senhora das Graças) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Barro Preto (Capela Santo Antônio) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Lagoa Seca (Capela Senhor Bom Jesus) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Campo Belo (Capela Nossa Senhora de Fátima) – Urbana

    Varjão de Minas
  • Comunidade Bocaina (Capela São Sebastião) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Vitrine (Capela Santo Antônio) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Ajudante (Capela Nossa Senhora Aparecida) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Geribá (Capela Santo Antônio) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Côrte (Capela São Sebastião) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade São Domingos (Capela Nossa Senhora das Graças) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Barro Preto (Capela Santo Antônio) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Lagoa Seca (Capela Senhor Bom Jesus) – Rural

    Varjão de Minas
  • Comunidade Campo Belo (Capela Nossa Senhora de Fátima) – Urbana

    Varjão de Minas

HISTÓRIA DO PADROEIRO

Nossa Senhora da Guia e sua devoção surgiu, na verdade, na Igreja Ortodoxa, que é reconhecida pelo Vaticano. Entre os cristãos ortodoxos, Nossa Senhora da Guia é invocada com o nome de Odigitria. Este nome significa Condutora ou Guia. Isso porque Maria guiou Jesus em sua infância. Tempos depois, o culto a Nossa Senhora da Guia foi incorporado na igreja Católica.

Nossa Senhora realmente guia


O papel de Maria, Mãe de Jesus, na história da salvação, é importantíssimo. Além do seu sim a Deus, de gerar Jesus Cristo como homem e de educá-lo como filho, ela guia o ser humano, conduzindo aqueles que querem para Deus. Nas Bodas de Caná, Maria disse uma frase que é emblemática desta sua missão de Guia da humanidade. Ela disse: Fazei tudo o que ele (Jesus) vos disser. Esta é uma das grandes missões de Nossa Senhora: conduzir-nos até Jesus. De fato, em todas as aparições, Nossa Senhora pede mudança de vida e que todos sigam o seu filho Jesus Cristo, para a salvação eterna.

A devoção a Nossa Senhora da Guia no Brasil


A devoção a Nossa Senhora da Guia chegou ao Brasil através dos portugueses no ano de 1745. Na ocasião, um capitão de navio trouxe uma imagem de Nossa Senhora da Guia juntamente com uma imagem de Nosso Senhor do Bonfim. As duas imagens ficaram num altar na igreja de Nossa Senhora da Penha, em Salvador, na Bahia.

Depois, o capitão, muito devoto, começou a construir uma igreja em honra de Nossa Senhora da Guia. Em sua empreitada, ele conseguiu conquistar vários devotos, que também se tornaram colaboradores na construção da Igreja, que hoje é a famosa Igreja do Bomfim. Terminada a construção, a Imagem de Nossa Senhora da Guia foi solenemente transportada junto com a imagem de Nosso Senhor do Bomfim. As obras duraram dez anos.

Representação


A imagem de Nossa Senhora da Guia é representada assim: num dos braços ela segura o menino Jesus no colo. Na outra mão, ela carrega uma estrela, que representa a Estrela de Belém que guiou os magos até o menino Jesus. Essa estrela representa também a estrela que guia todos os homens até Deus.

Devoção a Nossa Senhora da Guia


A pedido do povo, o Papa Pio VII definiu o segundo domingo depois da Epifania, em janeiro, como a data da festa de Nossa Senhora da Guia.

Oração a Nossa Senhora da Guia


Ó Maria santíssima, eu vos louvo e bendigo, porque aceitastes gerar em vosso seio puríssimo, por obra do Espírito Santo, Jesus o filho de Deus, Salvador do mundo, tornando-vos a Mãe e a primeira discípula daquele que veio para ser a Luz de todos os povos, o Caminho a Verdade e a Vida.

Vós que levastes Jesus ainda em vosso seio, para santificar João Batista no seio de sua mãe Isabel, vós que protegestes o menino Jesus, em seu nascimento, o amamentastes e lhe ensinastes os primeiros passos. Protegei as criancinhas, e guiai todas as mães para que elas ensinem a seus filhos a amar e a seguir Jesus.

Nossa Senhora da Guia, rogai por nós. Amém.

Fonte: Cruz Terra Santa

Cúria Diocesana

Rua Tiradentes, 388, Centro Patos de Minas - MG - CEP: 38700-134

Telefone

(34) 3821-3213 (34) 3821-3184