Seja bem-vindo(a)! Patos de Minas, 13 de maio de 2021

Siga nossas Redes Sociais

MANHÃ DE RETIRO NA 58º ASSEMBLEIA GERAL DA CNBB COM O CARDEAL O’MALLEY

15/04/2021   .    Notícias da Igreja
Compartilhe

Na manhã desta quinta-feira, 15 de abril, os bispos reunidos na 58ª Assembleia Geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) participam de um retiro pregado pelo arcebispo de Boston, nos Estados Unidos, cardeal Sean Patrick O’Malley. Serão duas meditações intercaladas com momentos de oração e partilha.

Cardeal O’Malley é da Ordem dos Frades Menores Capuchinos e, atualmente, é membro da Congregação para os Instituto de Vida Consagrada e as Sociedades de Vida Apostólica e do Pontifício Conselho para a Família. Desde o ano passado ele havia se disponibilizado para conduzir o retiro dos bispos do Brasil e, novamente este ano, manteve seu propósito.

Preparação

No início da sessão, o arcebispo de Belo Horizonte (MG) e presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo, motivou os participantes da Assembleia a entrarem na mística do retiro.  Ele ressaltou que a Igreja está no coração do mundo “para fazer brilhar a luz na presença de Cristo ressuscitado” e que isso não se faz sem uma escuta profunda: “seja sim o caminho dessa manhã para todos nós nos fortalecendo na unidade e na alegria do caminho”.

Dom Walmor agradeceu à disponibilidade do cardeal O’Malley e o destacou como “homem de grande experiência de espiritualidade profunda e de grande importância em toda a Igreja no mundo”

“Vamos acolher dele palavras que nos ajudem a vivenciar o mistério da nossa fé e testemunhá-lo, fazer experiências bonitas de partilhas com muita abertura de coração, costurando sempre mais nas diferenças a unidade em torno da nossa fé intocável”.

Meditação

O cardeal Sean O’Malley conduziu a primeira reflexão a partir da leitura de um trecho do Evangelho de São Lucas (Lc 4, 16-32), quando Jesus fez sua primeira pregação na Sinagoga de Nazaré.

“Hoje, nessa meditação, gostaria de refletir sobre o significado teológico de duas localidades do evangelho. Os evangelhos dizem-nos que a vida de Jesus começa em Belém e acaba em Jerusalém. No entanto, Jesus passa muito pouco tempo nessas duas cidades. Durante a maior parte da sua vida, Jesus viveu em Nazaré e Cafarnaum. Tanto assim que era conhecido como o Nazareno”.

Citando uma famosa frase usada nos Estados Unidos, mas também comum no Brasil, de que a pessoa pode sair do bairro, mas o bairro não sai da pessoa, o cardeal explicou a importância de Nazaré e de Cafarnaum para a identidade e o ministério de Jesus. E assim foi relacionando os primeiros anos de vida e início do ministério público de Jesus com momentos próprios da vida pastoral.

Ao refletir sobre Cafarnaum, onde estava localizada a casa de Pedro, o cardeal O’Malley pontuou que o plano pastoral dos bispos deve sublinhar a importância de comunidades que sejam de fato a família de Cristo. “A cultura do encontro e arte do acompanhamento de que tato fala o Papa Francisco, devem caracterizar nossas experiências de Cafarnaum”.

Oração pelas vítimas da pandemia

Ainda durante a manhã desta quinta-feira, o retiro contará com dois momentos de partilha e outra meditação do cardeal Sean Patrick O’Malley. Os bispos também rezam pelas vítimas da pandemia: “Nosso coração que se eleva a Deus pedindo forças no nosso ministério, nos faz lembrar de todas as ovelhas que sofrem em nossos rebanhos entre as quais as vítimas da pandemia”, motivou o bispo auxiliar do Rio de Janeiro (RJ) e secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado.

Tarde

Após o retiro, no bloco da tarde, os bispos terão a oportunidade de compartilhar os desafios enfrentados em suas localidades em tempos de pandemia. Um grupo de bispos conduzirá o início das reflexões sobre os aspectos pastorais e pessoais diante da pandemia. Em seguida, os bispos continuarão a reflexão em grupos, por meio dos Regionais.

Fonte: CNBB

Cúria Diocesana

Rua Tiradentes, 388, Centro Patos de Minas - MG - CEP: 38700-134

Telefone

(34) 3821-3213 (34) 3821-3184