Seja bem-vindo(a)! Patos de Minas, 18 de junho de 2021

Siga nossas Redes Sociais

11º Simpósio Nacional das Famílias vai destacar o papel da família na catequese

27/05/2021   .    Notícias da Igreja
Compartilhe

A Igreja reconhece o papel primordial da família na educação para a fé, no conhecimento de Jesus Cristo, com indicações a respeito em vários documentos do Magistério. Recordando as inspirações bíblicas, indicações e ensinamentos do Concílio Vaticano II e dos documentos mais recentes, o 11º Simpósio Nacional das Famílias vai destacar o papel da família na catequese. O evento on-line será realizado no próximo sábado, 29 de maio, com transmissão pelo canal da Pastoral Familiar no Youtube e pelo Facebook da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Reflexão no contexto de novo impulso à catequese

Desde o ano passado, a Igreja tem dado novo impulso à catequese, com o lançamento do Novo Diretório para a Catequese, pelo Pontifício Conselho para a Promoção da Nova Evangelização, e com a instituição do Ministério de Catequista pelo Papa Francisco por meio da carta apostólica em forma de Motu Proprio Antiquum Ministerium.

O texto do novo Diretório para a Catequese recorda que “todo batizado é um discípulo missionário” e que “são urgentes esforços e responsabilidades, necessários para encontrar novos instrumentos de linguagem para comunicar a fé”. A segunda parte do documento, intitulada “O processo da Catequese”, frisa a importância da família: parte integrante e ativa da evangelização.

No início deste mês, durante uma live sobre o Motu Proprio Antiquum Ministerium, o bispo auxiliar do Rio de Janeiro e secretário-geral da CNBB, dom Joel Portella Amado, explicou que o Papa Francisco coloca a instituição do ministério de catequista “em linha de continuidade com o processo conciliar de renovação da catequese”. Segundo dom Joel, o Papa alerta para a compreensão desse ministério “no conjunto de tudo aquilo que vem sendo feito para que a catequese cresça sempre mais como uma resposta adequada aos desafios dos nossos dias, aos desafios dos tempos atuais”.

À luz de Aparecida

Na prática, essa resposta é apontada no Documento de Aparecida, no número 370, que “nos convida a ultrapassar uma pastoral meramente de conservação”, destaca dom Joel Amado. “E Aparecida nos incentiva a uma pastoral que ajude as pessoas a descobrirem e redescobrirem Jesus Cristo. ‘Recomeçar a partir de Jesus Cristo’ – Aparecida [parágrafos] 12, 41, 549”, recorda o bispo.

A família entra nesse processo como uma das “diversas forças catequéticas”, segundo dom Joel, ou os “diversos modos de ser catequista”. Nesse contexto, a comunidade é a primeira catequista.

“Sem vida de comunidade, nós podemos concluir que é muito complicado concretizar o encontro com Jesus Cristo, isso por causa do famoso vínculo entre Cristo e a Igreja (Col 1, 18) ‘Cristo é a cabeça do corpo que é a Igreja’. Há um vínculo profundo: ao Cristo que não vejo, eu chego pela Igreja, que eu vejo. Então a primeira grande catequista é a Igreja enquanto essa experiência de comunidade. Em segundo lugar, emerge a importância da família como catequista, a importância da família para o encontro com Jesus Cristo. De um lado comunidade, de outro família, são enriquecidos por essa figura indispensável na vida da Igreja que é o catequista, a catequista”.

Palestras

O 11º Simpósio será enriquecido por essas reflexões a respeito da relação da família com os processos da catequese. O arcebispo de Curitiba (PR) e presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Animação Bíblico-Catequética, dom José Antônio Peruzzo, vai aprofundar o tema central do evento “Família e Catequese” a partir do lema bíblico “Como poderei entender, se ninguém me explica” (At 8,31), extraído dos Atos dos Apóstolos. O texto narra o encontro de Filipe com o etíope, que lia uma passagem do livro do profeta Isaías sem entender que a profecia falava sobre Jesus.

Durante o evento também serão partilhadas experiências de catequese em família e a catequese em diferentes etapas da vida, como antes e depois do matrimônio. O assessor da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética padre Jânison de Sá Santos vai aprofundar o tema “Família e Iniciação à Vida Cristã”. 

O 11º Simpósio Nacional das Famílias ocorre no sábado, das 8h às 17h, com transmissão pelo canal da Pastoral Familiar no Youtube e na página da CNBB no Facebook. É uma realização da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB, por meio da Comissão Nacional da Pastoral Familiar, com apoio da Comissão para a Animação Bíblico-Catequética.

Mais informações no Portal Vida e Família

CNBB

Cúria Diocesana

Rua Tiradentes, 388, Centro Patos de Minas - MG - CEP: 38700-134

Telefone

(34) 3821-3213 (34) 3821-3184