Notícias
Giro Cristão 17/04/2017

Segunda-feira do Anjo: eventos pós-pascais

 

Cidade do Vaticano (RV) - «Passados os exercícios da Quaresma, pelos quais nos preparamos para a celebração da Ressurreição do Senhor, entramos no Tempo Pascal, tempo de alegria e exultação pela nova vida que o Senhor nos conquistou pagando, com sua entrega na cruz, o alto preço de nosso resgate. A cor litúrgica é branca, símbolo da pureza e da alegria (afinal, estamos limpos do pecado) e a presença do Círio Pascal é marcante como símbolo do Cristo Ressuscitado, coluna de LUZ que vai à frente do seu povo.

Esta semana, em particular, estamos celebrando a Oitava da Páscoa. Como o mistério da "passagem" do Senhor pela morte é extremamente profundo, durante 8 dias celebraremos esse grande mistério como se fosse um único dia com o objetivo de viver melhor o ponto central de nossa fé: A Ressurreição de Jesus (no passado, esse era um tempo especial de contato com a fé para os que tinham sido batizados durante a Vigília Pascal).

Todo o tempo pascal, que se estende por 7 semanas até a Festa de Pentecostes, é marcado, não apenas nos domingos mas também durante os outros dias da semana, pelos textos de Atos dos Apóstolos e do Evangelho de João. São trechos que nos mostram a fé das primeiras comunidades cristãs e dos Apóstolos em Cristo Ressuscitado e nos convidam a fazer da nossa vida uma contínua páscoa seguindo fielmente os passos de Jesus, testemunhando-o corajosamente no mundo de hoje.

Que a luz do Cristo Ressuscitado nos ilumine para que possamos ser LUZ para o mundo!» (Reflexão para a Segunda-feira do Anjo, Oitava da Páscoa)

Veja mais no site da Rádio Vaticano: http://br.radiovaticana.va/

.................................................................................................................................

 

Oitava de Páscoa: tempo de celebrar a Ressurreição

 

A melhor maneira de vivenciar o mistério da páscoa é assumir de forma consciente e responsável o próprio batismo, diz dom Geraldo

 

Durante todos os dias desta semana, até o próximo domingo, a Igreja comemora com alegria a Ressurreição de Jesus. Este é o acontecimento mais importante da história para os cristãos, pois, Jesus, morreu, ressuscitou e continua entre nós. O Arcebispo de Mariana (MG), dom Gerado Lyrio de Rocha, explica que Páscoa é uma solenidade tão grande que não dá para celebrar num dia só. Por isso a igreja na sua sabedoria de mãe e mestra prolonga por oito dias a celebração da páscoa. “A páscoa é o centro do ano Litúrgico por ser o centro da vivência e da fé cristã. Se Cristo não tivesse ressuscitado nossa fé não teria sentido vai dizer o apóstolo Paulo. Então, o mistério da morte e ressurreição de Cristo é o que está no cento, é o acontecimento fundante da nossa própria fé”, destaca o bispo.

Para dom Geraldo, a melhor maneira de vivenciar o mistério da páscoa é assumir de forma consciente e responsável o próprio batismo. “A oitava da pascoa tem essa caraterística batismal até porque na vigília da páscoa se celebram o batismo especialmente de adultos. Então, a oitava da páscoa tem um sabor bem batismal. Aí está o fundamento da nossa vivencia cristã. É assumir o nosso batismo para vive-lo intensamente como filhos de Deus, como irmãos de Jesus Cristo, como templos do Espírito Santo, como membros do povo santo de Deus e a igreja de Cristo. Então, a oitava da Páscoa deve reavivar tudo isto em nós para vivenciarmos o que celebramos na fé traduzindo em atos concretos em nossa vida”.

Após essa Oitava de Páscoa, a Igreja continua vivendo o Tempo Pascal até o domingo de Pentecostes que acontece cinquenta dias após a celebração da ressurreição de cristo. Este ano será celebrado dia 4 de junho. Neste período, a igreja convida, por meio da liturgia, a contemplar a presença do ressuscitado que continua no meio dos seus. “O pentecostes é o coroamento da páscoa, a obra realizada por Jesus. O que ele fez com sua morte e ressurreição agora é coroado com a vinda do Espírito Santo e é ele que faz com que o mistério da páscoa que celebramos não seja uma coisa do passado que é apenas recordado numa oração. É muito mais do que isso. É o Espírito Santo de Deus que faz com que o mistério pascal se torne presente e realidade em nossa vida. Em todos os gestos litúrgicos, mas sobretudo na Santíssima Eucaristia. A Eucaristia é a celebração do mistério pascal de cristo. A Pascoa de cristo acontecendo em nova vida e a nossa inserida no mistério pascal de cristo quem faz tudo isso é o Espírito Santo que da vida a igreja e que vivifica o cristão na sua vivencia de fé para que mistério pascal seja realidade na sua existência”, ressalta dom Geraldo.

Veja mais no site da CNBB: http://www.cnbb.org.br/

.................................................................................................................................

 

19º Encontro de Formação da Pastoral Carcerária do Regional Leste 2 : 21 a 23 de abril

 

 

Acontece nos dias 21 a 23 de abril, na diocese de Caratinga, o 19º Encontro de Formação da Pastoral Carcerária do Regional Leste 2 (Minas Gerais e Espírito Santo) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil.

Com o tema“Vida para Ser Vivida em Liberdade” e lema “Um Mundo Sem Prisão”, o encontro será realizado na Paróquia Santo Estevão (Pça. Higino Fernandes, 44) na cidade de Iapu (MG) e tem por objetivo promover um momento de formação aos coordenadores diocesanos para que se tornem multiplicadores da caminhada da Pastoral Carcerária nas (arqui)dioceses do Regional. A assessoria do encontro ficará a cargo do professor Alessandro Gallazzi.  

Confira a programação do 19º Encontro de Formação da Pastoral Carcerária do Regional Leste 2

21 de abril - Sexta-feira  

16h: Acolhida/credenciamento18:30 - Jantar


19h30: Momento de Espiritualidade/mística

20h30: Abertura da assessoria

21h30: Descanso

22 de abril - Sábado 

7h: Oração


7h30: Café

8h: Assessoria

10h: Cafezinho/partilha das realidades

10h30: Assessoria

12h: Almoço

13h30: Assessoria

15h30: Cafezinho

18h: Intervalo

18h30: antar

19h30: Confraternização/Noite Cultural

22h: Descanso

23 de abril - Domingo 

7h: Missa


8h: Café

8h30: Assessoria (Abertura para perguntas)

10h: Avaliação/encaminhamentos e informes

12h: Encerramento/almoço

Informações e inscrições nos telefones (33) 3321-0012, (33) 98457-9224 ou pelo e-mail diegors1992@hotmail.com.

Veja mais no site do Regional Leste 2: http://www.cnbbleste2.org.br/

 

Postado neste portal por: Leidiane Trigueiro - Assessoria de Imprensa Diocesana 

 


Mitra Diocesana de Patos de Minas:
Rua Tiradentes, 388, Centro - Patos de Minas - MG - CEP38.700-134 -
(34) 3821 3213/3821 3184 - contato@diocesedepatosdeminas.org.br

©2012 Diocese de Patos de Minas
WEBTOP



SETH